Advogado do Século XXI, o que as Empresas esperam? Ética, Comunicação, Relacionamento e Pró-Atividade, sío chaves para o crescimento de escritórios de advocacia.

advogado consumidor

J. P Morgan, foi um banqueiro, financista, filantropo e um dos fundadores da mega Instituição Financeira J.P. Morgan, que tem mais de 100 anos no mercado americano e mundial, só no Brasil atuam há mais de 50 anos.

Dominou as finanças corporativas e consolidação industrial durante o seu tempo. Em 1892, Morgan fez a fusío da Edison General Electric e Thomson-Houston Electric Company para formar a General Electric.

Depois de financiar a criação da Companhia Siderúrgica Federal, fez mais uma fusío em 1901 com a Carnegie Steel Company e várias outras empresas de aço e ferro, incluindo consolidada de aço e fio da Companhia detidas por William Edenborn, para formar a United States Steel Corporation.

Morgan dirigiu a coligação bancária que parou o Pânico de 1907.

J. P foi um homem a frente do seu tempo. Há mais de 100 anos atrás já sabia que um advogado deveria ser mais do que simples comunicador de leis, mas sim um solucionador de problemas para que seus negócios produzissem mais lucros. Uma de suas frases mais célebres em relação ao exercício da advocacia foi:

“Eu não contrato advogados para me dizer o que eu não posso fazer o que eu quero, e sim para me dizer como eu posso fazer o que eu quero.”

JPMorgan-Young

As Empresas hoje esperam por alguém que se antecipe aos problemas e apresente soluções e não um profissional que apenas “apague incêndios”, hoje o papel do advogado é fundamental para o crescimento de pequenas, médias e grandes empresas.

Pensando nisso, oferecemos um serviço diferenciado aos nossos clientes, o qual falamos mais nesse link: Advocacia Preventiva, clique e saiba mais.

Gostou do post? Compartilha com seus amigos.

Marcello Benevides

Marcello Benevides

É fundador e CEO do escritório que leva seu nome, está formado desde 2005. Tornou-se especialista na recuperação de créditos de alta monta, diante da vasta experiência adquirida na realização de Cobrança Extrajudicial e Judicial para Empresas e Instituições Financeiras. Possui Pós-Graduação em Direito Empresarial pela AVM — Universidade Cândido Mendes, além de curso de atualização em Direito do Consumidor pela Fundação Getúlio Vargas — FGV — RJ.