A moda agora é atuar como Correspondente Jurídico, você está preparado?

Tenho visto muitos advogados tentarem prestar o serviço de Correspondente (Apoio Jurídico), alguns sem sucesso, outros tentam literalmente abraçar o mundo, o que acaba gerando uma má impressão e em muitos casos a repulsa de alguns colegas.  A verdade é que caso o profissional faça a prestação de serviço de maneira ética e profissional essa pode ser uma boa maneira de compor a receita no fim do mês, contudo, quem pensa que isso acontece da noite pro dia está muito enganado.

Com o inchaço de advogados atuando como correspondente algumas empresas e grandes escritórios procuram profissionais com o perfil diferente dos “walking deads” que fazem as audiências para os escritórios que trabalham com contencioso de massa.

Infelizmente, alguns colegas pelo baixo valor acertado para audiência não se comprometem a ponto de estarem atentos ao que está acontecendo. Já vi alguns Juízes, principalmente no Rio de Janeiro, aplicarem condenações altíssimas por pura falta de atenção do profissional que esta realizando a audiência.

Outra questão importante é a seguinte, imprevistos acontecem, mas lembre-se você precisa se organizar de forma que não prejudique seu cliente. Há alguns anos atrás, antes de ter o meu próprio escritório, tive uma estagiária que não foi fazer um protocolo na justiça federal porque, segundo ela, chovia muito e sua bota era nova. Depois de uma ou duas pérolas desse nível, decidi junto a um dos sócios do escritório dispensá-la. É o que acontece com quem não se compromete e vai acontecer com você caso pise na bola com seu cliente.

Leia também: Quais as principais características de um excelente Correspondente Jurídico?

Então, uma dica que eu dou, não só pra quem presta serviço como correspondente, mas quem presta qualquer serviço jurídico é: pense em primeiro lugar no seu cliente, em entregar a diligência no prazo, fazer observações oportunas em audiência.

Não pense só no dinheiro, pense em ajudar primeiro. Pense: como posso ajudar esse escritório, esse advogado(a) a ter uma excelente prestação de serviço? De que forma posso contribuir com essa empresa para que eles melhorem sua prestação de serviço jurídico?

Lembre-se, dinheiro é consequência, agregue valor ao seu trabalho, diferencie-se, passe confiança e proatividade, com certeza um dia você chega lá.

Leia também: Manual do Advogado Correspondente ((( Audiências ))) Juizados e Varas Cíveis

Leia também: Manual do Advogado Correspondente ((( Diligências ))) Juizados e Varas Cíveis

*Marcello Benevides, é Especialista em Direito do Consumidor, possui Pós-Graduação em Direito Empresarial pela AVM — Universidade Cândido Mendes, além de atualização em Direito do Consumidor pela Fundação Getúlio Vargas — FGV — RJ.

Solicite uma proposta de honorários, clique aqui.

Marcello Benevides

Marcello Benevides

É fundador e CEO do escritório que leva seu nome, está formado desde 2005. Tornou-se especialista na recuperação de créditos de alta monta, diante da vasta experiência adquirida na realização de Cobrança Extrajudicial e Judicial para Empresas e Instituições Financeiras. Possui Pós-Graduação em Direito Empresarial pela AVM — Universidade Cândido Mendes, além de curso de atualização em Direito do Consumidor pela Fundação Getúlio Vargas — FGV — RJ.