Gerente de Outback no Rio é preso por estocar comida fora de validade.

Notícia veiculada em 23/01/2013 16h34 – Atualizado em 24/01/2013 07h36

Molhos e creme de leite estavam com validade vencida, diz Procon.
Ele foi autuado por crime contra o consumidor; pena varia de 2 a 5 anos.

Fiscais do Procon-RJ pediram a prisío do gerente o restaurante Outback do Norte Shopping, no Cachambi, no Subúrbio do Rio, após constatarem alimentos com prazo de validade vencidos na cozinha do estabelecimento, que será multado. O gerente foi encaminhado para a 25ªDP (Engenho Novo) e será autuado por crime contra o consumidor.

Em nota, o Outback Steakhouse informa que os produtos estavam em processo de descarte. “A empresa utiliza uma consultoria independente de fiscalização em todos os restaurantes para garantir o cumprimento das normas de manipulação de alimentos. Além disso, reforça constantemente os padrões de qualidade junto í s unidades com supervisores qualificados”, diz o texto.

A pena para o crime contra o consumidor varia de dois a cinco anos de prisío. O gerente poderá ser liberado pela delegacia após pagar fiança.

Os fiscais encontraram molhos, creme de leite e doces vencidos na cozinha. Os produtos também estavam sendo manuseados de forma incorreta, de acordo com o presidente do Procon-RJ, Rodrigo Roca. O valor da multa para o restaurante só será definido após o fim do processo administrativo.

Fonte: g1.globo.com/rj.


Marcello Benevides

Marcello Benevides

É fundador e CEO do escritório que leva seu nome, está formado desde 2005. Tornou-se especialista na recuperação de créditos de alta monta, diante da vasta experiência adquirida na realização de Cobrança Extrajudicial e Judicial para Empresas e Instituições Financeiras. Possui Pós-Graduação em Direito Empresarial pela AVM — Universidade Cândido Mendes, além de curso de atualização em Direito do Consumidor pela Fundação Getúlio Vargas — FGV — RJ.